Em breve um novo espaço, pensado para você!

Estamos de Mudança!
Ortodontia

Ortodontia

É uma especialidade odontológica que corrige a posição dos dentes e dos ossos da face posicionados de forma inadequada.
O tratamento ortodôntico torna a boca mais saudável, proporciona uma aparência mais agradável e dentes com possibilidade de durar a vida toda.
Implantes

Implantes

Os implantes dentários são atualmente uma modalidade de reabilitação oral segura e com alto índice de sucesso. Podem ser utilizados para suporte de vários tipos de próteses através de raízes artificiais semelhantes às raízes dentárias colocadas cirurgicamente abaixo da gengiva.
Clareamento

Estética

Clareando seus dentes você terá maior segurança e auto-estima como resultado de um sorriso incrível e uma aparência mais jovem.
A Estética dentária também abrange correção de manchas, dentes separados ou com formato desigual.

A Clínica Denti Bianchi

Flexibilidade

Além de todo atendimento especializado respeitamos também os horários que facilitem a vida de todos os membros da sua família. ATENDIMENTO NOTURNO – Segundas,quartas e quinta-feira!
Atendemos a clientes e famílias dos bairros do Pilarzinho, Boa Vista, Primavera, São Lourenço e Vista Alegre, em Curitiba

Confiança

Na Denti Bianchi você vai encontrar a mesma relação de confiança , segurança, conforto e bem estar que encontra em seu lar.

Inovação

Nossa atuação e missão ,associadas à especialização e prática nos permitiu elaborar um conceito de trabalho inovador.

Nosso Time

Dra Niliana Teixeira de Faria Campestrini

Sócia Propietária, CRO/Pr 4741

Dra. Débora Andrade

Cirurgiã Dentista, CRO/PR 27381

Marilia Campestrini

Administrativo e Financeiro, Consultor de Negócios

Dra Camila Phillipps C. Magosso

Sócia Proprietária, CRO/Pr 22.676

Camila Lemler

Recepcionista / Assistente Administrativo

Últimas do Blog

Dentes tortos

Os Dentes Tortos ou mal posicionados podem provocar dificuldade para mastigar e engolir os alimentos, alterar a fala e dicção, favorecer a respiração pela boca e, consequentemente, gerar falta de saliva, além de serem mais suscetíveis às cáries e comprometerem a auto-estima   (estética).

     No entanto, toda essa funcionalidade do órgão bucal pode ser comprometida se houver má posição dentária. 
Desalinhados, os dentes apinhados (tortos) não trituram totalmente os alimentos, o que dificulta engolir e digerir.

     Também, o alimento pouco comprimido não desliza com naturalidade pela boca massageando as gengivas, isso resulta em gengivas sangrentas e hipertrofiadas (de volume aumentado).

     Os dentes mal posicionados provocam vários males como, por exemplo, a alteração da fonética, já que a má posição dentária interfere na posição da língua. 

     Um outro mal gerado pelos dentes tortos é a respiração bucal. A má posição dentária favorece a respiração pela boca. No entanto, essa anomalia além de fugir do padrão trás outros problemas como gengiva, língua e bochechas irritadas devido à falta de saliva (boca seca) e mau hálito.

     Respirar pela boca causa muitos danos à saúde, ou seja, aumenta o índice de cárie, acarreta irritação na gengiva, trás, com o tempo, mudanças no posicionamento da língua deglutição atípica, entre outros. 

     Hoje, além dos males a saúde, a má posição dentária compromete a estética. E, em uma sociedade moderna onde a busca pela beleza perfeita é essencial, a auto-estima pode ser afetada pelos famosos dentes encavalados . Entretanto, é uma anomalia que pode ser corrigida.

     Existem diferentes técnicas que levam a resultados satisfatórios, que vão desde o tratamento ortodôntico (uso de aparelhos móveis ou fixos) até cirurgias de correção chamadas de ortognática, que reposiciona os maxilares. 

     A má oclusão dental é resultado de vários fatores, tais como herança genética onde a criança herda o tamanho dos dentes do pai (grandes) e o tamanho dos maxilares da mãe (pequeno), favorecendo a má oclusão pelo pouco espaço nos ossos para os dentes grandes. 

     A presença de hábitos bucais também são fatores determinantes, como, por exemplo, chupar o dedo, empurrar a língua entre os dentes, entre outros. 

     Existem inúmeras causas para os dentes tortos.

     Todavia, o importante é procurar um dentista para identificar a causa e proceder com o tratamento adequado.

Clique aqui e marque sua consulta. 

Gengivite, o que é?

 

Como saber se tenho gengivite?
A gengivite pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais comum entre os adultos. Se for detectada no seu estágio inicial, a gengivite pode ser revertida – portanto, visite seu dentista se notar qualquer um dos seguintes sintomas:

  • Gengiva vermelha, intumescida ou inchada, ou flácida.
  • Gengiva que sangra durante a escovação ou o uso do fio dental.
  • Dentes que parecem mais longos devido à retração da gengiva.
  • Gengiva que se separa ou se afasta dos dentes, criando uma bolsa.
  • Mudanças na forma como seus dentes se encaixam quando você morde.
  • Secreção de pus ao redor dos dentes e na bolsa gengival.
  • Mau hálito constante ou gosto ruim na boca.

Gengivite é o primeiro estágio da inflamação gengival causada pela placa bacteriana. Se a escovação e o uso do fio dental diariamente não forem suficientes para remover esta placa, ela produzirá toxinas que podem irritar o tecido gengival, causando a gengivite. Você pode notar algum sangramento durante a escovação e o uso do fio dental. Neste primeiro estágio da doença, o dano pode ser revertido.

Como é tratada a gengivite?

  • Os primeiros estágios da gengivite, de modo geral, podem ser revertidos por meio da escovação e do uso de fio dental corretos. Uma boa saúde bucal ajudará a evitar que a placa se forme.
  • Uma limpeza profissional pelo seu dentista é a única forma de remover a placa que se formou e endureceu, formando o tártaro. Seu dentista fará a limpeza ou raspagem de seus dentes para remover o tártaro acima e abaixo da linha da gengiva. Se o seu problema for muito sério, pode-se realizar um procedimento para aplainar a raiz nas suas partes mais profundas. Este procedimento ajuda a suavizar as irregularidades nas raízes dos dentes, dificultando o endurecimento da placa bacteriana.
  • Com consultas regulares, o estágio inicial da doença pode ser tratado antes que se torne um problema muito mais sério. Se seu problema for mais grave, será necessário fazer um tratamento no consultório dentário.

Periodontite
Neste estágio, o osso e as fibras de sustentação que mantêm os dentes em posição são irreversivelmente danificados. Ao redor da sua gengiva pode começar a se formar uma bolsa que avança para baixo da gengiva e onde ficam armazenados os detritos e a placa bacteriana. O tratamento dentário adequado e a higiene bucal minuciosa em casa, em geral, podem ajudar a prevenir danos maiores.

Folheto: Gengivite

Técnicas de orientação de higiene

  • Escove os dentes pelo menos três vezes ao dia, e use o fio dental diariamente, a fim de remover a placa bacteriana entre os dentes e sob a gengiva.
  • Faça avaliações regulares. O cuidado preventivo pode evitar que os problemas ocorram e que menores se tornem sérios.
  • Adote uma dieta balanceada, com pouco açúcar e amido. Quando ingerir estes alimentos, procure comê-los durante a refeição, e não como um lanche, para minimizar o número de vezes que seus dentes são expostos ao ácido.
  • Utilize produtos dentários que contenham flúor, incluindo o creme dental.

Fonte: colgateprofissional.com.br

Marque Sua Consulta pelo Whatsapp Agora! Clique aqui!

 

Como está a sua escova Dental?

A principal ferramenta para a sua saúde bucal, e pode-se dizer a mais importante delas, é a escova de dente. Você Sabe como está a Sua?

A saúde da sua boca depende de vários fatores, dentre eles uma boa higienização.

Não só saber o melhor modo de se escovar, como também como cuidar de sua escova, vão influenciar diretamente nisso.
As escovas podem ser meios de cultura para germes, fungos e bactérias, que depois de um tempo
podem se multiplicar em níveis significantes.
“Trocar a escova de 3 em 3 meses”. Esse é o tipo de recomendação que você sempre ouviu por ai.
Porém não é realmente o recomendado.

Há vários fatores que influenciam na necessidade dessa troca.

Alguns profissionais apontam como sendo o indicado a troca de sua escova a cada 45 dias.

Isso porque, na medida em que é usada, ela vai se desgastando, acumulando bactérias e
perdendo a sua função (tudo depende do modo como você a usa e a guarda é claro).

Para uma boa higienização o ideal é colocá-la sob água corrente após a utilização e deixá-la em pé
para que possa secar completamente entre um uso e outro. Se ficar no banheiro guardada com
outras, use uma capinha de proteção para evitar eventuais contaminações.

E para evitar também machucar sua gengiva é preferencial a utilização de uma escova de cerdas
macias.

Cuide bem da sua escova, pois ela influencia totalmente na qualidade de sua higiene bucal e consequentemente na sua saúde!!

Venha conhecer a Denti Bianchi aprender mais sobre os seus dentes, sua escovação e ficar com um sorriso incrível!

Se preferir, nos mande uma mensagem!

 

Endereço

Rua Alexandre Von Humboldt, 70
Pilarzinho | Curitiba, PR
CEP 82110-000

Email

sorria@dentibianchi.com.br

Telefone

(41) 3077-5555

Marque uma Consulta