Dentes tortos

Os Dentes Tortos ou mal posicionados podem provocar dificuldade para mastigar e engolir os alimentos, alterar a fala e dicção, favorecer a respiração pela boca e, consequentemente, gerar falta de saliva, além de serem mais suscetíveis às cáries e comprometerem a auto-estima   (estética).      No entanto, toda essa funcionalidade do órgão bucal pode ser comprometida se houver má posição dentária.  Desalinhados, os dentes apinhados (tortos) não trituram totalmente os alimentos, o que dificulta engolir e digerir.      Também, o alimento pouco comprimido não desliza com naturalidade pela boca massageando as gengivas, isso resulta em gengivas sangrentas e hipertrofiadas (de volume aumentado).      Os dentes mal posicionados provocam vários males como, por exemplo, a alteração da fonética, já que a má posição dentária interfere na posição da língua.       Um outro mal gerado pelos dentes tortos é a respiração bucal. A má posição dentária favorece a respiração pela boca. No entanto, essa anomalia além de fugir do padrão trás outros problemas como gengiva, língua e bochechas irritadas devido à falta de saliva (boca seca) e mau hálito.      Respirar pela boca causa muitos danos à saúde, ou seja, aumenta o índice de cárie, acarreta irritação na gengiva, trás, com o tempo, mudanças no posicionamento da língua deglutição atípica, entre outros.       Hoje, além dos males a saúde, a má posição dentária compromete a estética. E, em uma sociedade moderna onde a busca pela beleza perfeita é essencial, a auto-estima pode ser afetada pelos famosos dentes encavalados . Entretanto, é uma anomalia que pode ser corrigida.      Existem diferentes técnicas que levam a resultados...
Gengivite, o que é?

Gengivite, o que é?

  Como saber se tenho gengivite? A gengivite pode ocorrer em qualquer idade, mas é mais comum entre os adultos. Se for detectada no seu estágio inicial, a gengivite pode ser revertida – portanto, visite seu dentista se notar qualquer um dos seguintes sintomas: Gengiva vermelha, intumescida ou inchada, ou flácida. Gengiva que sangra durante a escovação ou o uso do fio dental. Dentes que parecem mais longos devido à retração da gengiva. Gengiva que se separa ou se afasta dos dentes, criando uma bolsa. Mudanças na forma como seus dentes se encaixam quando você morde. Secreção de pus ao redor dos dentes e na bolsa gengival. Mau hálito constante ou gosto ruim na boca. Gengivite é o primeiro estágio da inflamação gengival causada pela placa bacteriana. Se a escovação e o uso do fio dental diariamente não forem suficientes para remover esta placa, ela produzirá toxinas que podem irritar o tecido gengival, causando a gengivite. Você pode notar algum sangramento durante a escovação e o uso do fio dental. Neste primeiro estágio da doença, o dano pode ser revertido. Como é tratada a gengivite? Os primeiros estágios da gengivite, de modo geral, podem ser revertidos por meio da escovação e do uso de fio dental corretos. Uma boa saúde bucal ajudará a evitar que a placa se forme. Uma limpeza profissional pelo seu dentista é a única forma de remover a placa que se formou e endureceu, formando o tártaro. Seu dentista fará a limpeza ou raspagem de seus dentes para remover o tártaro acima e abaixo da linha da gengiva. Se o seu problema for muito sério,...
Como está a sua escova Dental?

Como está a sua escova Dental?

A principal ferramenta para a sua saúde bucal, e pode-se dizer a mais importante delas, é a escova de dente. Você Sabe como está a Sua? A saúde da sua boca depende de vários fatores, dentre eles uma boa higienização. Não só saber o melhor modo de se escovar, como também como cuidar de sua escova, vão influenciar diretamente nisso. As escovas podem ser meios de cultura para germes, fungos e bactérias, que depois de um tempo podem se multiplicar em níveis significantes. “Trocar a escova de 3 em 3 meses”. Esse é o tipo de recomendação que você sempre ouviu por ai. Porém não é realmente o recomendado. Há vários fatores que influenciam na necessidade dessa troca. Alguns profissionais apontam como sendo o indicado a troca de sua escova a cada 45 dias. Isso porque, na medida em que é usada, ela vai se desgastando, acumulando bactérias e perdendo a sua função (tudo depende do modo como você a usa e a guarda é claro). Para uma boa higienização o ideal é colocá-la sob água corrente após a utilização e deixá-la em pé para que possa secar completamente entre um uso e outro. Se ficar no banheiro guardada com outras, use uma capinha de proteção para evitar eventuais contaminações. E para evitar também machucar sua gengiva é preferencial a utilização de uma escova de cerdas macias. Cuide bem da sua escova, pois ela influencia totalmente na qualidade de sua higiene bucal e consequentemente na sua saúde!! Venha conhecer a Denti Bianchi aprender mais sobre os seus dentes, sua escovação e ficar com um sorriso incrível! Se preferir, nos mande...

Alimentação e a saúde dos Dentes!

Você já ouviu falar que “a saúde começa pela boca”? Uma alimentação saudável contribui para o bem estar geral, inclusive para saúde bucal, pois há vários nutrientes presentes em alimentos que são capazes de conservar e manter os dentes fortes e saudáveis. Há alimentos considerados “detergentes” cuja função é eliminar resíduos de outros alimentos que ficaram aderidos a superfície dental. São eles: pera, maçã, cenoura, laranja, entre outros. Mastigar esses tipos de alimentos estimula as gengivas e aumenta a quantidade de saliva, diminuindo o número de bactérias na boca. Alguns desses alimentos, por ter uma consistência endurecida, possibilitam a remoção da placa bacteriana e de resíduos alimentares presentes na superfície dentária. Essa limpeza acontece através do atrito que o alimento faz com os dentes enquanto é mastigado. Alguns alimentos importantes para a saúde da sua boca: 1- Cereais integrais por melhorarem a microbiota e garantirem o equilíbrio entre as bactérias da boca. 2- Limão por melhorar o pH com o aumento da produção de saliva que tem ação bacteriostática e bactericida. 3 – Abacaxi por estimular a produção de saliva e conter enzimas digestivas que irão permitir uma melhor digestão. 4- Mamão possui papaína uma enzima digestiva que auxilia na quebra dos alimentos e permite um melhor aproveitamento de nutrientes. 5 – Infusão (chá) de camomila que auxilia na melhora da mucosa bucal prevenindo estomatites, aftas e outras afecções na boca. 6- Acerola e caju contêm quantidades significativas de vitamina C, importante para proteger a boca contra o surgimento de aftas. 7- Oleaginosas : castanhas, amêndoas, nozes, pistache, macadâmia e avelã, pois garantem saciedade e menor vontade de consumir doces. 8- Canela tem efeito termogênico, mas também diminui a ansiedade e compulsão por...

Você tem dúvida sobre Próteses Dentárias?

  Próteses dentárias são substitutos para os dentes ausentes que podem ou não ser retiradas da boca. Embora leve algum tempo para que a pessoa consiga se habituar a utilizá-las e embora nunca sejam exatamente iguais aos dentes naturais, atualmente elas oferecem uma aparência mais natural e maior conforto quando comparadas a aquelas de alguns anos atrás. Existem dois tipos principais de próteses dentárias: totais (dentaduras) ou parciais. Seu dentista irá ajudá-lo a escolher o tipo de prótese mais apropriado, dependendo do número de dentes a serem substituídos e o custo do tratamento.   Como funcionam as próteses? No caso de próteses dentárias totais, uma base acrílica da cor da mucosa bucal se apóia sobre sua gengiva. A base da prótese superior cobre todo o palato (céu da boca), enquanto que a prótese inferior é confeccionada na forma de uma ferradura, a fim de permitir espaço livre para acomodar sua língua.   As próteses dentárias são feitas sob medida em um protético, a partir de moldes tirados de sua boca. Seu dentista irá determinar qual dos três tipos de próteses descritas abaixo é o melhor para você. Prótese Total Convencional (dentadura) A prótese total convencional é colocada em sua boca depois que os dentes remanescentes foram extraídos e os tecidos cicatrizarem. A cicatrização pode demorar vários meses durante os quais você poderá ficar sem dentes. Prótese Total Imediata A prótese total imediata é instalada imediatamente após a extração dos dentes remanescentes. (Seu dentista tira as medidas e faz as moldagens de seus ossos maxilares durante uma consulta). Embora as próteses imediatas ofereçam a vantagem de você não ficar sem os...

O que é Bruxismo?

O que é Bruxismo? Você pode estar sofrendo de Bruxismo – um ranger ou um forte apertar dos dentes se você acorda e os músculos da sua mandíbula estão doloridos ou com dor de cabeça. O bruxismo pode fazer os dentes ficarem doloridos ou soltos, e, às vezes, partes dos dentes são literalmente desgastados. Eventualmente, o bruxismo pode acarretar a destruição do osso circunvizinho e do tecido da gengiva. O Bruxismo também pode levar a problemas que envolvam a articulação da mandíbula, como síndrome da articulação têmporo-mandibular (ATM). Como saber se tenho bruxismo? Para muitas pessoas, o bruxismo é um hábito inconsciente. Estas pessoas podem nem mesmo perceber que estão fazendo isto, até que alguém comente que elas fazem um horrível som de ranger de dentes enquanto estão dormindo. Para outras pessoas, é quando fazem um exame dental rotineiro e descobrem que seus dentes estão desgastados ou o esmalte de seu dente está rachado. Outros potenciais sinais de bruxismo incluem dor na face, na cabeça e no pescoço. Seu dentista é capaz de fazer um diagnóstico preciso e determinar se a origem da dor facial é causada por bruxismo. Como o bruxismo é tratado? O tratamento apropriado dependerá do que está lhe causando o problema. Fazendo perguntas apropriadas e examinando detalhadamente seus dentes, seu dentista pode lhe ajudar a determinar se a fonte potencial de seu bruxismo. Com base no grau dos danos causados a seus dentes e a causa provável, seu dentista poderá sugerir: O uso de um dispositivo quando dormir. Feito sob medida pelo seu dentista e ajustado aos seus dentes, o dispositivo encaixa-se sobre os dentes superiores...

Como o adolescente pode manter um sorriso brilhante?

A melhor maneira de se ter dentes saudáveis e um sorriso bonito na adolescência é continuar com os bons hábitos de higiene bucal adquiridos na infância. Independentemente do uso de aparelhos ortodônticos, seguem dicas de como o adolescente pode manter um sorriso brilhante: 1) Escovar os dentes no mínimo três vezes ao dia usando um creme dental com flúor, para remover a placa bacteriana, que é a principal causa da gengivite e das cáries. 2) Usar fio dental diariamente para remover a placa bacteriana instalada entre os dentes e sob a linha da gengiva. Se a placa não for retirada diariamente, pode endurecer e formar o tártaro, uma substância amarelada e de aparência desagradável. 3) Limitar a ingestão de açúcar e alimentos que contém amido, principalmente os pegajosos (que grudam na superfície dos dentes). 4) Consultar o dentista periodicamente para um exame profissional detalhado e uma limpeza ou profilaxia. Uma boca asseada e bem cuidada não somente prolonga a vida dos dentes como também faz o indivíduo se sentir bem, com hálito fresco e um sorriso mais bonito. Sobre que assuntos especiais, relacionados com os dentes, o adolescente deveria estar informado? Problemas dentários podem acontecer na adolescência e, infelizmente, eles realmente acontecem. Com mais informações sobre temas que afetam a saúde bucal, as escolhas se tornam mais fáceis. Ortodontia – Muitos adolescentes e pré-adolescentes precisam usar aparelhos para corrigir os dentes mal posicionados ou muito juntos, e o mau alinhamento das arcadas. É mais difícil cuidar de dentes que não se ajustam bem. Esses dentes correm o risco de precisarem ser extraídos e causam um esforço extra nos músculos da...
lentes de contato dentais- você precisa saber

lentes de contato dentais- você precisa saber

Duvidas sobre LENTES DE CONTATO DENTAIS? Leia o texto e fique por dentro da última novidade da ODONTOLOGIA ESTÉTICA !! – O que são lentes de contato dentais? São capas super finas de porcelana que são aplicadas sobre o esmalte do dente para corrigir pequenas imperfeições,mal posicionamento, manchas leves, pequenos fechamentos de espaços, lascas e fratura dos dentes. – Precisa de anestesia? Como a lentes de contato dentais tem espessura de 0,2 a 0,4 mm sua vantagem é que para fazer sua aplicação é necessário um desgaste mínimo da estrutura dental, não necessitando de anestesia. Pois não há risco de atingir a dentina, camada onde são encontradas terminações nervosas que podem causar dor ou sensibilidade. – Qual sua contraindicação? É contraindicado para quem range os dentes,para quem tem o hábito de roer as unhas ou de morder objetos como pontas de caneta. – Quanto tempo dura? Em média 15 anos, deve-se voltar ao especialista a cada 6 meses para a manutenção das lentes de contato dentais e depois aumentar esse intervalo para um ano. – Elas podem escurecer? Não é necessário evitar o consumo de determinados alimentos ou bebidas porque as lentes de contato de porcelana são resistentes a manchas. A porcelana tem propriedades muito parecidas com as do esmalte do dente, e pode ser até mais resistente que o próprio esmalte dental. Para maiores informações e uma avaliação específica para sua necessidade agende uma consulta. Caso Clínico realizado com sucesso na Clinica Denti Bianchi, aqui no Pilarzinho, em Curitiba. Foram aplicadas LENTES DE CONTATO DENTAIS de canino a canino superiores (6...
Dente do siso, por que extraí-lo??

Dente do siso, por que extraí-lo??

Os terceiros molares conhecidos como “dentes do siso”, normalmente erupcionam entre os 17 e 25 anos de idade, ou seja, são os últimos a aparecerem na boca. Um terceiro molar erupcionado parcialmente pode provocar gengivites (inflamação da gengiva), abscessos, irritação local, dor, edema e até mesmo o aparecimento da cárie dental (figura), já que a higienização se torna difícil na região.   Quando o terceiro molar fica totalmente incluso (dentro do osso), pode produzir reabsorção do dente vizinho, transtornos dolorosos e até degenerações (lesões císticas). A inflamação normalmente ocorre quando o dente do siso está para nascer. Ela é chamada de pericoronarite e isso ocorre pois não há como realizar uma higienização de qualidade no local. Assim, ocorre a formação de uma camada de resíduos alimentares que inflamam e causam uma dor enorme.A periconarite é a inflamação da gengiva que recobre o terceiro molar, ela causa dor no local ou na região de mandíbula e pescoço, além de dificuldade de abrir a boca, mastigar e engolir.   Algumas vezes causa até dor na ATM (articulação temporomandibular). O tratamento da pericoronarite consiste na higiene adequada do local, bochecho com anti-sépticos bucais, aplicação de água oxigenada na região (tratado pelo cirurgião-dentista) e, para a dor, analgésicos e anti inflamatórios. Se houver infecção instalada, há ainda a necessidade de antibióticos. Segue abaixo alguns motivos para cirurgia no siso, ou extração do siso: Falta de espaço na arcada dentária; Obstáculo oferecido por dente vizinho; Permanência exagerada de dentes decíduos na arcada; Perda prematura dos dentes decíduos alterando a posição dos permanentes, chamado popularmente de “dor de dente no siso”. Para que a cirurgia...